Computação Forense: Saiba onde atua e quem pode trabalhar na área

Dentre várias áreas de estudo que se dedicam as soluções tecnológicas, temos a computação forense, capaz de auxiliar ainda mais o dia a dia do homem. Para saber o que é e como a computação forense pode te ajudar, continue lendo este artigo e veja como esta área é bem interessante.

O que é Computação Forense?

A computação forense é uma área que estuda as soluções tecnológicas direcionadas à coleta, organização e análise de dados digitais. Ela também consegue identificar manipulações em documentos. Ainda sobre a computação forense, ela trabalha com computadores, notebooks, tablets, celulares e GPS, à fim de obter informações e resolver determinados problemas.

Onde ela atua?

Além de trabalhar contra os crimes cibernéticos, como fraudes bancárias e roubo de identidade, a computação forense atua também na análise de informações digitais na resolução de crimes praticados no mundo físico, como por exemplo, recuperando mensagens ou outras informações que foram apagadas de um dispositivo. É um CSI da vida real, sendo uma das mais interessantes áreas computacionais.

Quem trabalha nessa área?

Para se tornar um perito criminal, é necessário ter algumas “habilidades” ligadas ao direito e tecnologia. Para ser um profissional da área de Computação Forense e Perícia Digital existem certificações específicas, tais como:

  • CCFP (Certified Cyber Forensics Professional)
  • CHFI (Computer Hacking Forensics Investigator)
  • GCFE (Global Information Assurance Certification Forensic Examiner).

Por fim, a computação forense também desperta muitos debates no campo das Ciências Jurídicas que necessitam de provas e evidências contra ou a favor de cada prova digital. É uma profissão em expansão no mercado.

Posted in Artigos

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.