Conheça algumas curiosidades sobre tecnologias que você ainda não sabia

Diante de tanta tecnologia utilizada no mundo atual, muitos detalhes passam desapercebidos nessa evolução. São muitas curiosidades como consequência do avanço tecnológico. Por exemplo: você sabe quanto tempo a primeira câmera do mundo levou para registrar uma foto? E sobre o código americano para lançar mísseis? No artigo de hoje citaremos algumas curiosidades sobre tecnologia que você não sabia.

A origem da palavra “robô”

A palavra “robô” veio do escritor, jornalista e filósofo checo Karel Capek, em uma peça de teatro chamada Rossum´s Universal Robots, em 1920. Nesta peça, uma empresa usava biotecnologia avançada para produzir trabalhadores em massa. Estes personagens não tinham alma ou sentimentos, mas podiam fazer todo o trabalho que os humanos queriam evitar.

A primeira fotografia do mundo

A primeira fotografia foi feita em 1826, na região de Le Gras, na França. E para tirar uma foto – de uma janela- foram necessárias oito horas de exposição para registrá-la. Mas já em 1939, essa demora para registrar uma simples imagem mudou, graças ao daguerreótipo, a primeira câmera que chegou ao grande público e seu tempo de exposição era de somente 15 minutos. Mesmo com esta redução, é notório dizer que o tempo ainda era demorado, diferente das fotografias atuais.

O mascote do Firefox não é uma raposa

O que todo mundo pensava, na verdade era tudo engano. A logo do navegador Firefox não é uma raposa, mas sim, um panda vermelho. O nome Firefox (traduzindo é raposa de fogo) foi uma alternativa encontrada para Firebird, título que a própria empresa escolheu inicialmente, porém já era usado por outra instituição. Firefox é similar, soa bem e é fácil de lembrar, disseram os criadores.

 

Nova Zelândia é o “experimento” das empresas de tecnologia

A Nova Zelândia é procurada por empresas de tecnologia que buscam o mercado para o teste de novas ferramentas, plataformas e todas as inovações em geral para decidirem o futuro de seus produtos. A facilidade na comunicação, uma vez que a população local fala inglês e o tamanho do mercado, que por ser pequeno, torna-o mais acessível e atrativo em relação aos custos para testes são características  que chamam a atenção das grandes empresas. Para se ter uma idéia, o Google, recentemente, testou na ilha o Projeto Loon, que permite que balões de gás hélio substituam a internet com fio em qualquer lugar do mundo.

Outra grande marca, o Facebook, realizou, em 2011, o teste de uma ferramenta que agora é padrão na empresa: a timeline (linha do tempo), que representou mudança significativa na página de perfil dos usuários. Esse contato com novas tecnologias resulta em uma indústria local de TI e telecomunicações inovadora e preparada para atender os mais diversos desafios de clientes em todo o mundo. Uma prova do que vem acontecendo neste setor no país é a capital Wellington, que vem se tornando hoje um centro importante para empresas de software, games, telecomunicações e e-commerce. A indústria de tecnologia emprega hoje 3% da população da cidade e de lá são realizados projetos para todo o mundo.

 

O e-mail foi criado antes da Internet

Você sabia que o e-mail foi criado antes da internet? Sim, ele foi. O primeiro sistema de e-mail era um programa chamado Mailbox e ficava em um computador  do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), já em 1965. O Mailbox servia assim: o usuário podia deixar uma mensagem  para o outro, que seria visualizada na próxima vez que o segundo fizesse login na mesma máquina.

 

O código de mísseis americanos

Durante a Guerra Fria, mais especificamente no ano de 1962, o presidente dos Estados Unidos John Kennedy temia que comandantes do Exército tivessem muito espaço para iniciar um ataque nuclear por conta própria. E para que não saísse perdendo, quis ele que fosse implementada uma senha de oito dígitos para o lançamento de mísseis. O problema é que os oficiais da Força Aérea norte-americana não ligaram muito para a preocupação e colocaram 00000000 como senha em todas as instalações de lançamento. Essa senha permaneceu assim por 20 anos.

A primeira página web do mundo continua intacta no ar

No dia 6 de agosto de 1991, o cientista Tim Berners-Lee colocou no ar a primeira página da rede mundial de computadores. Essa rede tratava-se de um sumário apresentado a própria world wide web, projeto no qual ele já trabalhava. A página continua em seu endereço original, no site da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN), sem mudanças, apenas com texto e alguns links.

O peso do disco rígido de 5MB em 1956

O RAMAC 305, que já citamos em nosso artigo “Saiba mais sobre a história do armazenamento de dados, tinha capacidade de armazenamento de 5 megabytes. Esta  máquina, na época, era uma grande inovação para a ciência, e seu peso era de nada mais que 1 tonelada. Vale ressaltar também que ele podia ser alugado. Bastava só o interessado pagar U$ 3.200 ao mês, o que em valores atualizados daria, pelo menos, 10 vezes esse preço.

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.