Internet do Brasil chega a Fortaleza e lá estarão as maiores empresas da web do país.

Você já ouviu falar de hub de fibra? Sabia que o Ceará é o concentrador da ligação de internet no Brasil e, em breve, se tornará um dos maiores parques tecnológicos do continente?

O artigo de hoje irá esclarecer e mostrar o que é e quais os benefícios que este centro de conexões pode proporcionar.

De uma maneira mais explicativa, o hub de fibra nada mais é o condutor do sinal de internet entre o Brasil e o restante do mundo. Se os cabos de fibra que chegam em nosso estado apresentarem defeito, a internet de todo o território brasileiro para.

Atualmente o Ceará é uma das referências nacionais, e com o novo hub, com previsão de chegada em Fevereiro de 2018, ficará cada vez mais importante.

Com a nova parceria entre o Governo do Estado e a uma empresa de comunicação que ligará o Brasil à África, as informações, que antes iam obrigatoriamente para os EUA, agora terão uma nova rota. A idéia é que o estado nordestino se torne um dos maiores parques tecnológicos do país.

O processo para implantar o novo hub de fibra óptica percorrerá 6.200 quilômetros por um sistema subterrâneo pelo Oceano Atlântico e irá conectar Fortaleza à América do Norte, Europa e África.

Condições favoráveis para a cidade de Fortaleza

Fortaleza torna-se um atrativo, pois é a capital mais próxima da Europa e da África.

A cidade está se preparando cada vez mais, mostrando que aqui existem as melhores condições para a instalação e desenvolvimento das empresas do setor de tecnologia da informação e comunicação (TIC). Temos a melhor posição geográfica em relação a outros continentes, uma ótima infraestrutura e mão de obra qualificada. A construção do Data Center da empresa, que irá ligar a África ao Brasil por meio da Praia do Futuro, é uma demonstração de que estamos no rumo certo.

O montante engloba a construção de duas estações para abrigar os cabos. Os cabeamentos já existentes possuem 10,6 mil quilômetros (Km) de extensão e capacidade de transmissão máxima de 60 terabits por segundo (Tbps). Já o cabo que ligará à África, terá seis mil Km, e pode transmitir 40 Tbps, sendo o primeiro cabo submarino do Atlântico Sul que conectará Fortaleza a Luanda.

O impacto desse novo HUB para a Fabricainfo

Aproveitando a chegada dessa nova tecnologia na região, a Fabricainfo está construindo um moderno Data Center próximo ao local aonde chegarão os cabos de fibra ótica no país, no melhor ponto de construção do Brasil, a Praia do Futuro. Este avanço é mais um passo para agregar tecnologia, rapidez e segurança aos nossos clientes.

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.