Nova lei formaliza a digitalização e gestão eletrônica dos prontuários médicos

Apesar da demora, a tecnologia finalmente atingiu os atendimentos aos pacientes na área da saúde. Foi publicada no Diário Oficial da União no último dia 27 de dezembro a lei 13.787/18, que trata da digitalização e a utilização de sistemas informatizados para a guarda, armazenamento e o manuseio de prontuário de paciente, e o Brasil poderá aderir a um cadastro eletrônico eficiente e integrado para cada cidadão.

E resumo o novo texto permite que os prontuários digitais possam ser armazenados em detrimento dos prontuários físicos dos pacientes. Tornando o modelo eficiente da gestão eletrônica de documentos, formalmente efetiva. E na opinião de especialistas e números, este novo processo permite que a saúde possa efetivamente se beneficiar das praticidades da era digital.

Segundo o relatório da Federação Brasileira de Hospitais, publicado em julho do ano passado, em janeiro de 2018, havia 4.397 hospitais privados no Brasil, a maioria no Sudeste (41,4%), especialmente em SP e MG. Do total de hospitais privados, a maior parte tem fins lucrativos (57,8%).

Em 2017, o segmento da saúde (pública e privada) movimentou impressionantes R$ 500 bilhões, segundo dados da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), sendo que 20% destes recursos são gastos com procedimentos mal feitos, fraudes, excesso de consumo de materiais etc., principalmente pelo excesso e falta de controle do uso do papel no operacional.

Segundo o Ministério da Saúde a informatização do sistema geraria uma economia estimada é de R$ 22 bilhões. Com a iniciativa, todos os dados de atendimento do paciente, como prescrição de medicamentos, exames e consultas ficarão registrados nacionalmente e poderão ser consultados em qualquer unidade de saúde do país.

A Fábricainfo, especialista em gerenciamento eletrônico de documentos (GED), já oferece a solução ideal para os gestores dos hospitais que desejam informatizar os prontuários de seus pacientes. Acesse www.fabricainfo.com e conheça mais sobre o nosso processo de digitalização e gerenciamento eletrônico de prontuário médico.

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.